domingo, 30 de dezembro de 2012

O poder da mobilização




Quem diria que, após derrotarmos a ditadura, estaríamos aqui hoje, depois de mais de 20 anos, descrentes na política brasileira? Nosso país, que lutou duramente pela Democracia, a vê hoje desgastada e falha. Quando antes o povo esperava ansiosamente pelas eleições, tendo consciência de que lutou pelo direito de votar, hoje foge desse período, vendo-o pessimista como apenas uma obrigação democrática.


quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Ética e Política






(...) O que a ti e a mim agora nos importa apurar é se a ética e a política terão alguma coisa a ver uma com a outra e o modo como se relacionam entre si.

 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Consciência Política 2




Pensando bem, podemos solucionar alguns problemas do nosso país, a chave é a mesma que o prefeito de Nova Iorque usou há mais de uma década: TOLERÂNCIA ZERO veja:
 
 

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Consciência Coletiva






A consciência coletiva, segundo Émile Durkheim (sociólogo francês, 1858-1917), é a força coletiva exercida sobre um indivíduo, que faz com que este aja e viva de acordo com as normas da sociedade na qual está inserido.


terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Por que nosso povo é tão doente





Veja o nível da cegueira sob a qual estamos vivendo. SEMPRE, a cada eleição, nos vem os políticos candidatando-se aos cargos políticos prometendo, dentre várias soluções, a mais importante de todas: MAIS SAÚDE.

Para tanto, prometem mais hospitais, melhor atendimento, mais investimentos na saúde, etc.


sábado, 15 de dezembro de 2012

Quero lhe falar sobre a desmilitarização e unificação:





Desmilitarizarem – se – entenda-se: desvincular do status quo  de força auxiliar e reserva do Exército. Desmilitarizar as PM do Brasil não se resume em apenas e tão só desuniformizá-las, não é isso. É preciso renovar seus quadros, mormente dos que detêm postos de comando, substituindo-os por aqueles que têm formação acadêmica, técnica, profissional, doutrinária e jurídica dentro dos parâmetros e doutrina fundada nos Direitos Humanos.

 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

AS MUDANÇAS TERÃO QUE CHEGAR, TENHO CERTEZA!




As sociedades civilizadas, juridicamente evoluídas, não aceitam a ingerência militar no meio civil. Chegou o momento de a sociedade contrapor-se às diretrizes da ditadura que privilegiavam a segurança do estado em detrimento de um eficiente sistema de segurança pública a serviço do cidadão e estranhamente ratificadas pela Constituição de 88 (provavelmente, atendendo interesses corporativos), desenvolver campanha para o restabelecimento do segmento uniformizado das polícias civis, que, como ocorrem nos demais países, prestaria os serviços policiais em estreita colaboração com as atividades de polícia judiciária, no âmbito das circunscrições policiais, com sedes nas delegacias de polícia. Se isso foi possível em 1866 (Guarda Urbana) e 1904 (Guarda Civil), mais desejável se torna no presente século quando a sociedade esta consciente da natureza civil da atividade policial.


domingo, 9 de dezembro de 2012

Desmilitarizar e Unificar as Polícias e Bombeiros Militares do Brasil é uma necessidade urgente




Nunca quis ser o dono da verdade, mais na atualidade em que vivemos em pleno século XXI, em um país que se diz democrático e afirma categoricamente ser contra o trabalho escravo em qualquer meio ou trabalho, não demonstra isso com duas instituições (Policia e o Bombeiro Militar) que já tem em média 200 anos de existência, há ai um incoerência no que é dito do que é feito, por incrível que possa parecer lá fora somos mais conhecido como o País do Carnaval, do Futebol e também da corrupção.
 
 

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

As prioridades do Brasil mudaram desde o dia 30 de outubro de 2007




O podemos notar é que as prioridades do Brasil mudaram no dia 30 de outubro de 2007, foi no dia em que o Senhor Joseph Blatter (presidente da FIFA) abriu o envelope em que estava escrito “2014 FIFA World Cup Brazil”, pronto construção de estádio virou o principal fato para o Brasil, demonstrando que a Copa do Mundo era a prioridade em nosso país que é tão carente em serviços públicos.


 

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Democracia Corrupta, Política de Poucos




O Brasil é uma das maiores democracias do mundo. São mais de 150 milhões de eleitores que a cada dois anos participam de eleições para a escolha de seus governantes.

 

Do Presidente da República até o mais humilde vereador, todos têm que passar pela aprovação do eleitorado.

 

sábado, 1 de dezembro de 2012

Falta indignação diante da corrupção





O pequeno dicionário do Aurélio, define a palavra indignação como: “(Lat. Indignatione. Substantivo feminino. Sentimento de cólera despertado por ação indigna; ódio, raiva”.

“Indignar-se – v.(latim, indignitate) Verbo transitivo direto e pronominal. Fazer sentir, ou sentir, indignação; revoltar-se“.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Medo da Política




“Muita gente não entra na política com medo dela. E política realmente faz medo. No entanto, enquanto os bons não entrarem, há de prevalecer o predomínio dos maus políticos. Há vagas para mulheres. Há vagas para jovens. Enfim para todos. O povo diz por ai e escuto muito – Os partidos querem nossos votos, não nossa opinião. O povo não consegue entender a linguagem da política, por isso tem pouco interesse por ela. Mesmo sabendo que tudo depende da política. A boa escola, a boa saúde, a boa segurança, enfim, todas as melhorias para se viver bem dependem das decisões políticas. Como uma atividade pode ser tão importante e ao mesmo tempo tão ignorada? Presidente, Governador e Prefeito são mais bem aceitos, enquanto o legislativo está em baixa. O pensamento da maioria é de que o cidadão entra na política para tirar proveito dela, a falta de honestidade é a causa maior e que a corrupção é maior na política do que na sociedade. Tem muita gente séria na política.”

 

domingo, 25 de novembro de 2012

Ética na política brasileira?





“O que é esclarecimento?” Segundo Kant, esclarecimento é à saída do homem de sua menoridade. Menoridade esta que é a incapacidade de fazer uso de seu entendimento sem a direção de outro individuo. E o culpado dessa menoridade é o próprio individuo. O homem é o próprio culpado dessa menoridade se a sua causa dele não se encontra na falta de entendimento, mais na falta de decisão e coragem de servir – se de si mesmo sem a direção de outrem. Sapere aude! Tem coragem de fazer uso de teu próprio entendimento, tal é o lema do esclarecimento.

 

Temos a marca das injustiças sociais em suas mais variadas formas. Não podemos ficar lamentado – as, é necessário um enfrentamento para não nos tronarmos reprodutores das mesmas e então, ainda que não sejamos os autores diretos das mesmas – pois que eles (os atores que as implementaram concretamente no passado) nem estão mais entre nós – corremos o risco de passarmos a condição de culpado.

 

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

A velha máxima de que a hierarquia e a disciplina são os sustentáculos das corporações vai se fragilizando.





ESCOLHAS:

 

Ao longo dos tempos vai se cristalizando que a hierarquia nas corporações militares no Brasil manteve-se alicerçada sob os auspícios da disciplina. Pois os exemplos que dão sustentação a essa afirmativa estão presentes em inúmeros episódios ocorridos e que ocorrem rotineiramente nos quartéis e locais sob a égide da autoridade militar.

 

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Desmilitarizar a polícia




No Brasil há muita polícia e pouco policiamento. Com efeito, estão previstas na Constituição oito organizações policiais autônomas, com diferentes áreas de atuação, o que deveria significar que a ordem legal está assegurada em todas as atividades que interessam à sociedade brasileira e que a criminalidade está mantida em nível baixo, não havendo motivo para que as pessoas sintam insegurança e vivam com medo.

 

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Fica quieto, menino!!!







Religiões, governos e mídia esperam de você apenas uma postura: ficar quieto e calado.

Antes que você abra o berreiro, devo reconhecer que existem exceções, ok? E como exceções, têm pouca força.

Religiões de forma geral estimulam a passividade, a inação, a esperar por Deus. Como já lembrei aqui várias vezes, as religiões cristãs, de forma geral, utilizam da figura do pastor e suas ovelhas para demonstrar às pessoas que elas são as ovelhas de um rebanho que deve obedecer tementemente ao pastor, que é Deus, o qual caso contrário vai castigá-las.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

NÃO VALE A PENA SER DO BEM?




Falta ao País, neste momento, a visão de um general como Sun Tzu, o lendário personagem do livro A Arte da Guerra, adaptado por James Clavell. Chamado por Ho Lu, rei de Wu, para treinar seus exércitos, o militar, de pequena estatura física e grande estatura moral, recebeu a missão de provar, inicialmente, suas habilidades com o treinamento das 180 mulheres do palácio.

Dividiu o grupo em duas companhias, comandadas pelas concubinas favoritas do soberano. Tinha de fazer as mulheres reagirem às ordens: "Sentido, direita volver, meia volta, esquerda volver." Gritou posição de sentido. As moças caíram na gargalhada. Sun Tzu, paciente, ensinou: "Se as ordens do comando não foram bastante claras, se não foram compreendidas, então a culpa é do general." Tentou novamente. O grupo esbaldava-se de tanto rir.



terça-feira, 13 de novembro de 2012

SOMOS FILHOS DO MEDO?




O ser humano encontrou no medo uma forma de organização social. Surge, assim, a cultura do medo. Impor limites, para alguns, é impor o medo. E, assim, milhares e milhares de crianças foram educadas pelo medo, para o medo e com medo.
 
 

sábado, 10 de novembro de 2012

Eu voto, tu roubas, nós somos os culpados?





Hoje pela manhã encontrei o seguinte texto, da jornalista Elaine Maieski no Facebook.

Por que no Brasil temos tanta corrupção? Por que por aqui o dinheiro público é desviado e os serviços básicos são precários? Por que a educação é ruim, a segurança é falida e a saúde está na UTI? Porque votamos errado… elegemos psicopatas preocupados unicamente com a sua própria conta bancária…. Bem que poderíamos começar uma grande limpeza nessa eleição, tirando o poder de quem não sabe governar! Não precisamos de Lei da Ficha Limpa para começar a mudança, precisamos apenas de bom senso e espírito de cidadania… pense nisso, e faça a diferença!


quarta-feira, 7 de novembro de 2012

O que é massa de manobra?

 
"Não há democracia efetiva sem um verdadeiro crítico"

Pierre Bourdieu
 
Massa de manobra se refere ao conceito de violência simbólica de Pierre Bourdieu, onde a sociedade é conduzida por uma ideologia dominante, se anulando enquanto ser histórico e protagonista.
 

domingo, 4 de novembro de 2012

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Política é tudo. Tudo é política.




Para a maioria dos brasileiros, política é algo distante e que não lhe diz respeito. É artigo de luxo para os “desocupados lá de Brasília”. Experimente fazer o seguinte: pegue um ônibus, sente-se confortavelmente, até onde isso for possível, abra seu jornal na parte de política e mergulhe na leitura.
 

domingo, 28 de outubro de 2012

A política da corrupção




No Brasil, política e corrupção acabaram se tornando palavras agregadas. Todos os dias são inúmeras matérias publicadas falando de desvio de verbas, superfaturamento de obras e tantos outros crimes cometidos pelos políticos, que deveriam usar o poder para ajudar a população.
 

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

ATENÇÃO PMs E BMs DO BRASIL ! PRECISAMOS ELEGER 1 OU 2 DEPUTADOS FEDERAIS POR ESTADO EM 2014




"Sem representação política forte em Brasília, continuaremos sendo massacrados por estes que estão no poder hoje em dia, e que nos odeiam." Jorge Lauro Bittencourt - um dos Gestores do BlogDaVerdadeRJ.


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Política e politicagem




Opinião

Política é amar pessoas compromissadamente; politicagem é usar pessoas descaradamente; Política é uma missão totalmente divina; politicagem é uma prática genuinamente satânica; Política implica em respeitar, preservar e defender as instituições para que elas alcancem seus objetivos de promover as pessoas; Politicagem implica em manipular as instituições para que sirvam a objetivos corporativos e pessoais;


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O Exercício da Política – 3



A Bondade Divina

Atenção: Se você não leu a primeira e segunda parte localize-os acima deste texto.


Deus é bom, mas a bondade de Deus nada tem a ver com o que o homem entende por bondade. Para o homem, o bem é do ponto de vista do homem, ou seja, aquilo que preserva e é útil ao homem, mas, para Deus a bondade é simplesmente uma luta entre equilíbrio e desequilíbrio, a simples busca de todos os momentos da tendência do equilíbrio, é a razão de tudo e é a bondade divina.


terça-feira, 16 de outubro de 2012

O Que É Lutar Pelos Seus Direitos?



As pessoas geralmente me dizem: sabe, eu adoraria viver sem trabalhar, mas eu preciso de dinheiro, porque sem dinheiro não há como viver. As pessoas que se revoltam com o trabalho não chegarão a lugar algum.


sábado, 13 de outubro de 2012

O Exercício da Política – 2



Atenção: Se você não leu a primeira parte localize-o acima deste texto.

 

Quando um político foca suas ações no bem público em vez de se preocupar, como de costume, consigo mesmo e com seus pares, aí, temos justificada e cumprida sem erros a atividade política, se, ao invés disso o político apenas disfarça seu interesse pelos demais, mas na verdade luta apenas para si e mesmo assim se elege, a atividade política está truncada e não está se cumprindo de forma a atingir todo seu objetivo, mesmo os políticos tendo sido eleitos legalmente pelo povo, acontece que o povo ou não se informou direito por falta de interesse, ou porque as informações chegaram adulteradas para os eleitores, ou estes venderam seus votos.
 
 

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O "Direito" Militar e uma carta constitucional que sangra: reflexões sobre o atual panorama dos direitos humanos e dos direitos dos militares estaduais




Até quando a sociedade civil ignorarão o que ocorre dentro dos quartéis militares? A começar pela academia que exclui de seu ementário componentes curriculares como Direito Penal Militar ou Direito Processual Penal Militar, razão porque, a despeito, de lograrmos aparente evolução legislativa e jurisprudencial de proteção dos direitos humanos, ainda sonegamos aos militares muitos desses direitos, os quais diga-se de soslaio são extensíveis até aos inimigos do estado.
 

domingo, 7 de outubro de 2012

Reflexão sobre o Militarismo nas Policias e Bombeiros do Brasil




Não é cedo para tecer comentários mais profundos acerca das mudanças provocadas por esta última manifestação na Polícia Militar da Bahia e em todo o Brasil, mas uma coisa é certa e salta aos olhos: a corporação perdeu força para fazer valer aquilo que ela mesma entende por militarismo. Princípios como hierarquia e disciplina, nos moldes tal e qual aprendemos, foram fatalmente sangrados.
 
 

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

O Exercício da Política – 1



A política pode ser definida de muitas formas, não há, nem nunca haverá uma única definição, devemos então ter propriedade de conhecimento, sobre a definição que defendemos, e devemos procurar sempre reciclar nossas concepções, sempre repensar o que antes achávamos que não poderia ser mudado, pois sempre pode, e deve.
 

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

O PODER E A DEMOCRACIA



Falar de política é adentrar-se em um assunto complexo e ao mesmo tempo polêmico, tendo em vista as mais diversas interpretações a partir dos conceitos de Maquiavel, que deixou para a humanidade um pensamento bastante discursivo para os dias atuais.


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Carta de Reflexão à Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal




Quando adentramos a uma realidade qualquer, muitas vezes temos as nossas opiniões prejudicadas por idéias que, embora de senso comum, deturpam os fatos, diminuindo a eficácia da conceituação na medida em que muito do que queremos dizer ser abafado por tudo o que já foi dito.

Nossa postura, ao criarmos este documento é, antes de tudo, um posicionamento cidadão, pois as ideias e observações neste contidas traduzem um pouco do que a experiência de que muito acumulou durante o dia a dia nas práticas policiais militares

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

O que ganharíamos com a desmilitarização????





Vou elencar alguns ganhos:
1- Iríamos ganhar o direito de expressar nossos pensamentos e opiniões, sem facilmente ser enquadrado em motim, ou incitação a tropa, entre outras aberrações jurídicas e responder IPM;
2- Teríamos o direito de questionar uma determinação, sem facilmente ser enquadrado em "questionar ordem superior" e responder por isto;
 

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Desmilitarização já




Por: José Glaudio Henrique Júnior – Parnamirim (RN) -


Via de regra, o praça é oriundo de uma família humilde e pobre. Já a grande maioria dos oficiais é oriunda de famílias classe média, quando não classe alta.

Um jovem integrante da classe média ou alta pode estudar em escolas particulares, sem ter qualquer outra responsabilidade. Já um jovem proveniente da classe baixa, precisa trabalhar desde cedo, sacrificando-se para poder conseguir freqüentar a rede público de ensino.


sábado, 22 de setembro de 2012

SER POLICIAL




Aquele que opta por seguir a carreira policial deveria receber, antes de ser admitido na Força Pública, uma cartilha esclarecendo a realidade da profissão, as obrigações, as responsabilidades e os pouquíssimos direitos que irá ter logo após constatar que seu nome está dentre os aprovados em concurso público para o espinhoso cargo. Estes esclarecimentos poderiam ser fornecidos ao aluno nas Academias de Polícia, desta forma dando-lhe a oportunidade de desistir antes de prestar o juramento.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Formação Política




A política é mais do que um conteúdo a ser disseminado formalmente nas escolas. Trata-se da base para a consolidação da democracia. É possível afirmar, politicamente, que a democracia está quantitativamente solidificada por meio da universalização do sufrágio, ou seja, inclusão de um número cada vez maior de cidadãos no rol de eleitores. Mas qualitativamente a democracia se concretiza por meio da informação e da educação política da sociedade.


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

O que precisamos fazer para mudar






Segundo o artigo 61, §2 da Constituição Brasileira de 1988, regulamentado pela lei 9.709 de 1998, é permitido a apresentação de projetos de lei pelos poderes Legislativo, Executivo e pela iniciativa popular. Neste último caso, a constituição exige como procedimento a adesão mínima de 1% da população eleitoral nacional, mediante assinaturas, distribuídos por pelo menos 5 unidades federativas e no mínimo 0,3% dos eleitores em cada uma dessas unidades. Como segundo o TSE o número de eleitores do Brasil em julho de 2012 é de 140.646.446, o número mínimo de assinaturas para um projeto de iniciativa popular seria, portanto, 1,406.465. No entanto, dada a necessidade de as assinaturas serem distribuídas em pelo menos cinco estados, para conseguir um projeto com o número mínimo de assinaturas seria necessário conseguí-las nos estados com o menor número de eleitores, pois em muitos estados (como SP e RJ), 3/10 dos eleitores já representa mais que 1 cento do eleitorado nacional.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

O que precisamos?



O que precisamos você já sabe, é a desmilitarização das Policias e Bombeiros Militares do Brasil, nós precisamos que você consiga + 10 pessoas para assinar a nossa assinar a petição pública, hoje somos 600.000 policiais em todo o Brasil, isso sem contar os Bombeiros, nós teriamos 6.000.000 de assinaturas, isso demonstraria a quem de direito que nós temos voz e que ela precisa ser ouvida, e isso nunca irá acontecer se continuarmos como militares, afinal não temos direitos para eles (Alguns oficiais, Governo Estaduais e Federal e etc), assim se conseguirmos alcançarmos o quantitativo de aproximadamente (isso no minimo) 1.382.424 assinaturas.




A mesma depois será encaminhada a PRESIDENTE DA REPÚBLICA e ao CONGRESSO NACIONAL.


Consciência Política PM&BM

sábado, 15 de setembro de 2012

Desmilitarizar para democratizar




A PM e BM só conseguirão um dia desenvolver serviços de melhor qualidade quando o militarismo for extirpado dessas instituições. É um sistema arcaico, que deve ficar restrito as Forças Armadas, que tem a função de defesa da pátria, e para isso precisa de uma aplicação mais rígida em seus treinamentos, tendo como justificativa que possivelmente terão que matar para manter a soberania da Nação. Fato que não está adstrito às instituições estaduais, portanto, desnecessário essas instituições continuarem militarizadas.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Desabafo sobre a desmilitarização




1º SGT INDIGNADO – NMU.


 

Sempre quis ser militar, pois admirava a postura e a conduta daqueles homens. Entrei na Aeronáutica aos dezoito anos com o intuito de satisfazer esse sonho e lá veio minha primeira decepção. Só aprendi os termos "sim senhor" e "não senhor, além de puxar muita hora.


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Polícia e Corpo de Bombeiro Militar: último bastião da ditadura




Ao cabo e ao fim, os movimentos dos policiais e bombeiros militares, deram a visibilidade e a urgência ao debate inadiável sobre a desmilitarização das polícias e corpos de bombeiros militares, reacendendo o já conhecido debate se este modelo de organização de hierarquia militar, excessivamente verticalizada e impermeável ao controle popular, atende aos ditames do estado democrático de direito e aos interesses da segurança pública com e para a cidadania, por ser direito humano fundamental.

 

domingo, 9 de setembro de 2012

Tortura, assédio moral, corrupção: é o que mostra a maior pesquisa já feita nas polícias do país








Veja este video e depois leia os trechos da matéria especial da revista Época

 
 
OBS: Policiais e Bombeiros militares do Brasil, precisamos alcançar a marca de 1.400.000 (Hum milhão e quatrocentas mil) assinaturas da nossa petição a favor da desmilitarização, pois somente assim a presidência da Republica atenderá ao clamor dos quartéis, precisamos que você como uma liderança política consiga mais 10 (dez) ou mais adesões a nossa petição, somente assim conseguiremos a tão sonhada liberdade, poderemos ser novamente cidadãos com plenos direitos, pense nisto e vamos a luta, você tem a força, e juntos temos fé em nosso Senhor JESUS CRISTO de conseguiremos alcançar a nossa vitória.
 

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Obediência e disciplina, qual o limite?



Não queremos implodir a obediência e a disciplina das instituições policiais, mas tudo deve ter um limite. Também não queremos impor verdades. Queremos refletir sobre algumas bases da formação policial. Até que ponto os cursos podem alienar uma pessoa, diminuí-la como ser humano, como um ser dotado de razão? Até que ponto se deve obedecer?

 

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Conselho Político aos Policiais e Bombeiros Militares do Brasil



O ano de 2012 já está terminando e podemos dizer que apesar das ameaças de greves que eclodiram nas policias e bombeiros militares do Brasil neste ano em todos os lugares, parecem que não serviu para nada, será?

Pergunto-me o que aprendemos com tantas manifestações, o que podemos dizer sobre os políticos civis, o que eles disseram e fizeram para melhorar nossas vidas aqui dentro da instituição, a única coisa que aprendemos foi novas maneiras de se manifestar sem cair na ilegalidade, porque apesar de vivermos em uma democracia, não podemos lutar por melhorias como as outras categorias.
 

sábado, 1 de setembro de 2012

DESABAFO DE UM POLICIAL MILITAR SOBRE DESMILITARIZAÇÃO




Um debate sobre a atual encruzilhada histórica e o papel do POLICIAL E BOMBEIRO MILITAR sobre o tema:

DESMILITARIZAÇÃO.

 

"Sou policial militar e sempre considero o tema da desmilitarização como algo sério. As polícias estaduais militarizadas desde a sua formação nem sempre levam consigo aquilo que deveria ser o benefício de uma educação militarizada.
 
 

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Vou fazer diferente nestas eleições de 2012.




Por: Geraldo Trindade – bacharel em filosofia


 

No próximo 07 de outubro em todo o Brasil haverá o que é chamado “festa da cidadania”, ou seja, as eleições, que neste ano são em nível municipal. É neste momento que o eleitor diante das urnas confiará a prefeitos e vereadores os cargos de condução e governo de nossas cidades. O ato de digitar alguns números pode até ser tomado como simples e passado algum tempo, cair no esquecimento individual e coletivo. Porém, os efeitos do voto costumam ter consequências que duram bem mais do que nossa memória.
 

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Desmilitarização das polícias no Brasil – Debate



Comento:

A desmilitarização das Polícias e Bombeiros militares no Brasil é um caminho que, inevitavelmente, os governos estaduais e também o federal deverão trilhar mais cedo ou mais tarde. Mais uma coisa tem que ficar claro, antes de qualquer coisa o próprio policial e bombeiro tem que desmilitarizar a mente e o coração, pois apesar de tanto tempo sendo ensinado e colocado em nossa mente como uma lavagem cerebral de que somos massa de manobra devemos expurgar esse pensamento de nós.

domingo, 26 de agosto de 2012

Quando chegará a valorização?




A verdade que as autoridades se negam a enxergar!

Senhores governantes.

Gostaríamos de manifestar nossa indignação quanto ao desrespeito com a classe policial e bombeiro militar do BRASIL, que são as que mais contribuem para o bem estar da sociedade, dizendo-lhes o porquê: